quinta-feira, 18 de junho de 2009

On Tour

Dez dias de viagem a trabalho tiram alegremente o equilíbrio de qualquer um. O difícil é voltar atrás.

Não é segredo para muitos que faço faculdade. O que poucos sabem, mas calculariam com facilidade, é que estou na época de entrega de trabalhos.
Normalmente já há aí elementos – viagem+datas de entrega, lembra? – para se constatar o caminho, sem limite de velocidade, para o inferno. Acontece que acho estupidamente divertido escrever para esse blog. Mais do que tudo, pelo feedback que recebo dos amigos que o leem, mas o tempo para ele anda escasso. Ontem alguém me falou algo que me soou como um elogio – me corrijam se estiver errado: gosto do seu blog, mas gosto MESMO dos comentários que as pessoas deixam. Acho muito louco.

Louco?

O fato é que está difícil dormir. E só duas coisas me tiram o sono: precisar fazer algo sem ter a menor ideia de como começar e precisar fazer algo e ter a ideia precisa de como fazer e ficar com a sensação de que, se dormir, a coisa toda vai acabar no lugar da primeira coisa que me tira o sono.

Mas jurei para mim mesmo – com os dedos cruzados, por precaução – não abandonar o “Trocas” jamais. Só estou dando algumas pausas mais acentuadas entre os textos. Esse aqui, por exemplo, é um texto de pausa. Resolvi escrever porque não conseguia dormir, de novo. O único intuito dele é manter vocês, que provavelmente não têm problema para dormir – nem todos, né? – acordados, ou pelo menos com um rabo de olho nesta direção.

Fico muito tempo pensando em assuntos que mereceriam esse espaço. Assuntos relevantes de verdade, que valeriam o tempo de uma leitura. Olha, eu sou um cara formal, daqueles que escovam os dentes antes de falar no telefone, e tenho que tomar cuidado com isso. Não dá, simplesmente não dá para eu ficar pensando demais antes de escrever. As palavras vão ficando pesadas demais. Alguém também comentou sobre os meus textos que parece que eu escrevo com um dicionário aberto ao lado. Isso não me soou como um elogio, porque, às vezes, é verdade.

Abro o dicionário a esmo e procuro a palavra mais inusitada que encontrar e a uso. Pronto: confessei! Me sinto melhor agora. Podem parar de me esbofetear.
Consegui acordar vocês?

Hem?








Hello?

24 comentários:

  1. "Abro o dicionário a esmo e procuro a palavra mais inusitada que encontrar e a uso."

    Uhum.
    Sorry, mas a mim você nunca enganou =)

    ResponderExcluir
  2. Carlitosss...
    SAUDADE!!!
    Sei bem com é esse lance de faculdade... Lembra q te disse que tava fazendo meu TCC??? Fiz, apresentei e passeiii... nem acredito!!!! o/o/
    Sorte ai para os teus travalhossss!!! Vai dar tudo certo, afinal, o que tu faz é um sucesso, sempre!!! (e nao to uxando o saco, naooo!!!)
    Adoro os teus textos, de verdade!!! TODOS os dias dou uma atualizada aqui para ver se tem novidades!!!
    Pode continuar procurando no dicionário... isso faz com q a gente, as vezes, também procure pra saber o significado das tuas palavras!!
    E quanto a insônia, bem vindo!!! Tenho o mesmo problema que tu!!! =(
    Saudadeee... voltem logo pro sul!!!! o/o/ Estamos sofrendo de abstinência sem show!!! hehhe...
    bjos, cris!!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Volteiii...
    Esqueci de comentar...
    Tua foto ficou showww!!! Não que a caricatura do Antonio não fosse legal... Mas essa foto ai tá MUITO boa!!
    mais beijos!!!! o/

    ResponderExcluir
  5. Muito Bommmm! Adoro acompanhar o que você e os seus "seguidores" escrevemmmm! Não nos abandone!!!! BEijoooo da Geniana

    ResponderExcluir
  6. Ei Carlos!!! Adorei seus textos... De excelente qualidade!! Agora, se isso te consola, entendo muito bem a sua situação... Tb faço faculdade e danço... Ensaios, estudos, estágio, compromissos, reuniões, seminários... Isso tudo está acontecendo a todo momento e não é sempre q sobra aquele tempinho (de 00h as 5h30) para eu dormir... A vida é dura, mas a gente q escolheu assim, n é mesmo?? hehe Gosto muito do período noturno para escrever ou estudar, não pq eu tenha insônia, mas pq me concentro mais... E te falo uma coisa: "Tá difícil..." É cansativo, árduo, mas sempre chega a nossa recompensa... Pra falar a verdade, ela nos chega a todo momento, porém, nós nem sempres a notamos! Por exemplo, fui dormir as 2h hj pq estava tendo uma recompensa, um momento mágico em minha vida, no teatro Alterosa, sabe?? Mas essa sim, eu enxergo e agradeço!! (Obrigada Carlos!!!)
    Viu só?? Somos felizes o tempo todo, mesmo c essa correria... Basta saber encontrar a felicidade em pequenas coisas (ou grandes shows?!) e... Bola pra frente!!! Faculdade... ensaios.... Reuniões.... Vida....

    ResponderExcluir
  7. Bom Carlos, estou contente q mesmo com essa vida de viagens, shows e faculdade...vc ainda tenha um tempinho aki pro blog e pra gente...
    E, mais...seus textos sao mto bons, mesmo vc estando com sono ou procurando palavras no dicionario, afinal ele existe pra isso mesmo, ne.
    Ah!tbm gosto mto de ler os comentarios do pessoal aki... =D

    ResponderExcluir
  8. Oiii Carlos!
    Sabe o melhor de tudo?
    Foi nesse tour de dez dias que você passou por Primavera do Leste, em Mato Grosso, e que pude conhecer de pertinho, bem pertinho, da cordinha que separava o público do palco, quase em frente o Thedy, o trabalho de vocês. Até segurar na tua mão ^^ boboba eu... haha! Depois até tirei foto contigo (uma baixinha de vestido rosa =P), e pude sentir toda a energia positiva que transmite. Como foi bom! E parece até estranho uma juventude que não conheceu o Nenhum de Nós dos anos 80, como a minha, poder sentir, como eu, a música, introspectiva e cativante, de verdade. Pra falar a verdade nem vi quem mais foi ao show... hahaha claro, tirando meus amigos, que estavam ali pertinho também. Queria tanto que se lembrasse de mim! hahaha! Estou em semana de provas na faculdade também. Quando terminar teus trabalhos, dá uma passadinha no meu blog. Eu arrisco um bom português. E perco algum dia na semana para me divertir =) Super beijo, querido! Mariza

    ResponderExcluir
  9. Vai pelo corredor, a primeira à direita tu dobras. Um pouco mais pra cima tá o bico de luz. Um pouco mais pra baixo. Isso. Agora pra tu esquerda. Não! Não! Esquerda, eu disse. Isso. Acenda a luz. Nessa prateleira há livros diversos, escolha um e faça uma leitura enquanto o sono não vem. se preferir, use o note e escreva mais alguns post. Caso isso ainda não lhe agrade, finalize os trabalhos da faculdade.
    O correio do povo já chegou?

    ResponderExcluir
  10. Sorte na sua caminhada..Muito legal mesmo seus textos. Parabéns pela temporada de show's em BH. Cada dia mais perfeito que o outro. Pena que no rolou Feedback todos os dias..:D, mas valeu e muito. Obrigado pela simpatia em me receber para tirar uma foto e quando vc disse obrigado por ter vindo..é eu que tenho que agradecer e aplaudir de pé vocês do Nenhum.

    ResponderExcluir
  11. Sorte com tua insônia e teus trabalhos.
    Amamos teus textos, não nos abandone por favor.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Eis que acabo de encontrar alguém com uma rotina um tanto quanto parecida com a minha... Faculdade, trabalho, banda ([?] sim, eu tenho uma banda), guitarra, etc. É Sr. Carlos, noites sem dormir são simples de entender. Eu mesma durmo 5h por dia apenas. Quer saber? Acho ótimo! Pelo menos assim temos motivos para enlouquecer (não enlouquecemos de cabeça vazia, hahaha). E eu que achei que só ciências contábeis é que enlouquecia... Sweet illusion.
    Pois bem, parabéns pela confissão... existem muitos que nem se quer sabem o que é um dicionário (ok, ok, peguei pesado agora..).
    Beijos e sucesso, sempre!
    (P.S.: Realmente SC está precisando muito de Nenhum de Nós!!! Corram antes que tenhamos um ataque de abstinência :P)

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Ok, perdoado! Vai lá, faz teus trabalhos, bom garoto, MAS VOLTA! Se tu não voltar, a gente vai lá na tua faculdade e te puxa pelos cabelos (!?) pra tu escrever pro "Trocas" de novo!


    Rafa Ely

    ResponderExcluir
  15. hehehe, poxa Isaías tadinho.
    Puxaremos pelo braço então hehehehe.

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  17. Continuaaaaaa muito louco vir aquiii e ler seu post... Tenha isso como um elogio sim! Eh uma viagem "cabulosa" (giria de mineiro = louca / sem explicação) mas que todo mundo entende e expressa o que entendeee... MUITO LOUCO! Adorooo... Não deixe de escrever!
    - Debinha.

    ResponderExcluir
  18. Querido,

    Vc escreve muito, muito bem! Ou quem sabe eu escreva mal, muito mal, hehehe
    A questão é q é realmente uma delícia ler, mesmo com poucas postagens.
    Faça a pausa q precisar e termine essa faculdade. Falta muito?
    Estou salvando os posts preferidos. Vai q vc se revolta?

    Beijos!
    Lu

    ResponderExcluir
  19. Cara é minha primeira passagem por aqui.
    Fiquei muito curioso depois que voce comentou do blog no camarim do Nenhum aqui em BH. Por falar em BH os últimos shows foram d+ e estar com vcs tbm.
    A Mari quase teve um troço no ultimo dia!
    Mas voltando ao que interessa, fiquei mais admirado de ver como a rotina de um dos meus idolos é parecida com a minha. (idolo mesmo. Nem precisa fazer a cara de desconcertado que faz!)
    Essa vida de trabalho e estudo é pesada!
    Mas a gente sempre tira forças pra continuar firmes e afinados na eterna canção da vida!
    Força e um abração!
    ps: Acompanharei o blog a partir de agora.

    ResponderExcluir
  20. Carlinhos!!! Querido!
    Finalmente encontrei seu blog! Estava aqui procurando enquanto fazia uma pesquisa da facul. É.. também tenho meus momentos de insônia, agora já tenho uma nova opção do que fazer: vou continuar lendo os seus textos, li alguns aqui já e adorei, alíás adorei seu senso de humor! Enquanto lia me lembrei de você no dia 19/06, em Viçosa-MG,contando do episódio ""lindo, maravilhoso! "e o show? gostou?"" Adorei te conhecer pessoalmente, alias todos do Nenhum, vocês são o máximo!ahh...só pra me identificar, sou amiga do Estevão, aquela alta, de verde que tava lá no camarim o tempo todo com vcs..heheh..aliás... ô show bão dimais da conta sô!..ahh to com fotinha sua, viu? As do Estevão já mandei pra ele..heheh... albúm intitulado (peguei no dicionário agora..hahh) Nenhum de Nós com os mortais....hahahah...
    Querido, tudo de bom pra vc! Termina logo esses trabalhos ai pra voltar a escrever aqui..heheh...
    Sucesso!
    Abração!
    Cirléia Souza cirleia_souza@hotmail.com

    ResponderExcluir
  21. ahh! Carlinhos!
    Esse relógio ai do blog ta errado!Agora são 03:27 da madruga...hahah... ele quase me confundiu....hahah...
    Bjo!

    ResponderExcluir
  22. E porque jurar com os dedos cruzados hein??? Hm, não gostei!!! Where are you??? Será que vamos ter que invadir tua aula pra tu voltar pra cá??? Julho é mês de férias... We're waiting!

    Rafa Ely

    ResponderExcluir
  23. Sei muito bem o que é isso, prazo de entregas de trabalhos, ainda mais na época de faculdade (mais graças a Deus já passei por tudo isso), acho que o prazo mais nos apavora do que o próprio trabalho e o pior de tudo é "fazer algo sem ter a menor ideia de como começar e precisar fazer algo e ter a ideia precisa de como fazer e ficar com a sensação de que, se dormir, a coisa toda vai acabar no lugar da primeira coisa que me tira o sono."
    E como a gente perde o sono nessa época...Mais sei que você vai se sair super bem nos trabalhos.
    Saudades enormes de ti e do resto do NDN
    Beijos!

    ResponderExcluir